Meu Carrinho 0 itens
Bom dia, visitante! Faça seu login ou cadastre-se
Você está em:

The Chesterton Review - Chesterton e O que há de Errado com o Mundo

Autor:
G. K. Chesterton
Editora:
Ecclesiae
Categoria:
Religião
Comprar De R$ 18,30 Por: R$ 17,02
ou 1X de R$ 17,02 sem juros
Economize: R$ 1,28

Disponibilidade: Entrega Imediata

  • 1X de R$ 17,02 sem juros
  • Compartilhe:
  • Avalie:

Descrição

Colaborador: Angueth de Araújo
Colaborador: Mario Amadeo
Diretor: Ian Boyd, C.S.B
Colaborador: Antônio Emílio
Colaborador: Dermot Quinn
Colaborador: Rodrigo Gurgel
Organizador: Gloria Garafulich-Grabois
Organizador: Ian Boyd, CSB
Colaborador: Antônio Emílio Angueth de Araújo
Coordenador: Gloria Garafulich-Grabois
Coordenador: Ian Boyd, CSB
Data de Lançamento: 06/12/2013
Edição: 1
Ano da edição: 2013
Idioma: Português
ISBN: 9788563160652
Número de Páginas: 122
País de Origem: Antártida
Formato: ePub
Cópia ou Impressão: Não Permitido

Sinopse

O principal tema desta edição especial da The Chesterton Review está ligado ao livro que Chesterton escreveu em 1910. Originalmente, o livro chamava-se "O que há de errado?", mas os editores expandiram-no para "O que há de errado com o mundo" e omitiram seu ponto de interrogação. Essas pequenas mudanças foram infelizes. Como observa Maisie Ward: quando Chesterton escreveu o livro, ele ainda não tinha certeza sobre o que havia de errado com o mundo mas ele estava bastante seguro em relação ao que havia de certo com ele: ?Seus ideais eram realmente salutares?, escreve ela. ?Suas dúvidas sobre a realização daquelas idéias no mundo atual e sobre seu próprio comprometimento político atual eram, como ele sugere em sua Autobiografia, vagos, mas estavam se tornando mais definidos.? Foi somente em 1927 que Chesterton elaborou os detalhes da filosofia social chamada por ele de distributismo, num livro intitulado "The outline of sanity" [?O limite da sanidade?, ainda sem tradução para o português], e na época ele já tinha entrado em plena comunhão com a Igreja Católica, onde descobriu que seus princípios sociológicos já haviam sido endossados muitos anos antes na encíclica Rerum Novarum do papa Leão xiii, escrita em 1897. Um editorial de Ian Boyd e uma nota de Diego Silva e Guilherme Ferreira, Editores Assistentes dessa edição, servem-lhe de introdução. Seguem-se, a essas notas, textos de Chesterton, incluindo sua Dedicatória de O que há de errado com mundo a Charles Masterman, o Ministro Liberal, um político, autor e amigo que, tal como Chesterton explicou divertidamente, não se ofenderia ?com alguns ideais inconvenientes?. A seção de Artigos está inteiramente voltada para a filosofia social de Chesterton tal como foi apresentada em sua primeira obra sobre o tema. Dentre os ensaios incluídos nessa seção, há um texto escrito pelo já falecido Mario Amadeo, um político argentino e ativista social católico que exerceu um papel importante na remoção de Juan Perón do cargo e que, mais tarde, serviu seu país como Ministro das Relações Exteriores e como seu representante nas Nações Unidas.

Opinião dos leitores

Divulgar meu e-mail juntamente com minha opinião
Sua opinião é:
Copyright © Jet Soluções Educacionais Ltda.
Formas de pagamento
Nos cartões acima em até 3x sem juros
Boleto à vista
Pagamento digital
Certificações